Com tempo

 

 

dramapessoa-blogue-hotelritz

 

O Hotel Ritz (Four Seasons) do Parque Eduardo VII, Lisboa, ontem, às 20:34. Cromo a partir de fotografia digital não tratada, com brilho de candeeiro e pequena gota de água sobre a lente de uma prática e maleável Fuji Finepix S1000fd, em modo manual. Exemplo do que se pode ver, com tempo, à hora das tele-notícias ou tele-romances, mesmo numa zona da cidade de Lisboa que foi entregue ao automóvel, e onde é preciso gastar centenas de passos mais do que era habitual, numa serpente de semáforos, motores e barreiras metálicas, acima e abaixo, para ir do lado da rua esquina do Hotel Fénix – em cuja parede Electricidade escreveu muitas centenas de linhas a lápis – para o lado do Ritz e do Parque.

Parede onde Electricidade escreveu notícias de última hora como, a 10-8-1991:

«A Construção Civil não é trabalho, mas SIM – GUERRA – contra MIM».

Ali se encontrou muitas vezes com Novalis, e com o seu princípio que escapa a todas as horas de ponta:
«Tudo acontece em nós muito antes de ter acontecido.»

 

 

Advertisements

2 thoughts on “Com tempo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s