Estranhamente, é perfeitamente aceitável para qualquer taxista, qualquer empregado de mesa

 

 

Este vídeo é falso, não liga. O de baixo também é totalmente falso.

gg_video_03s

Entrevista completa, no jornal Guardian

 

[texto do Guardian] Gilbert e George nunca casaram, preferindo, dizem, «viver em pecado». «Queremos ser esquisitos normais», diz George. «Não queremos estar informados, como toda a gente está, porque nesse caso não teríamos nada para dizer». A orientação política de George parece brotar do mesmo impulso: «Eu não sou nada, mas o George é Conservador», diz Gilbert. «Estranhamente, isso é perfeitamente aceitável para qualquer taxista, qualquer empregado de mesa, mas não no mundo da arte», diz George. «Para eles, a esquerda é bom. E a arte é esquerda». Gilbert acrescenta: «Eles acreditam na igualdade. Nós não. Nós queremos ser diferentes».

 

 

[Estranhamente para qualquer taxista, a foto do artigo foi trocada, de uma que mostrava os artistas a fazerem o icónico boca-a-boca-dos-dedos para outra com ambos perfilados, no icónico duelo de gravatas e fatos, até ser substituída pelo vídeo com que fizemos este jogo gráfico rudimentar.]

gg_video_02_250

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s