Postal de Lisboa (2)

 

dramapessoal-blogue-postal-seis

 

A cor radiante da placa de número prendeu-nos a atenção. Mas um mero toque de filtro digital podia ter feito aquele borrão de vermelho. Sempre foi possível retocar fotografias, em laboratório ou em acção. Mas a dúvida e as ferramentas banalizaram-se. Neste caso, ainda assim, quem anda por Lisboa em Agosto não duvidará da relativa legitimidade dos tons. Continua a ser possível manter algum optimismo criativo em relação à fotografia a cores. Como diz David Hockney, finalmente a fotografia vem ter com a pintura. Com o computador, diz, as mãos entram no retrato.

 

foto dramapessoal (não-tratada; em modo de imitação de cromatografia)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s